Viver de forma sustentável é quase uma missão impossível nos dias de hoje. No lugar de árvores edifícios, no lugar de casas mais edifícios, no lugar da horta mais edifícios, carros, trânsito, poluição e acúmulo de gases que estão modificando o clima do planeta. A arquitetura sustentável tenta amenizar os danos já causados à natureza e as Casas com Soluções Ecológicas podem contribuir em boa parte.

Hoje é um mercado restrito, mas imóveis com construção sustentável vão se valorizar. O projeto inicial pode ser mais caro, pois são poucos que investem na matéria-prima, mas o custo benefício é menor ao longo do tempo. O telhado verde pode ser aplicado em telhas de cerâmica, metálicas ou lajes, mantém a umidade relativa do ar e auxilia no combate ao efeito estufa. Já pensou ter em casa um vidro autolimpante? A economia em água e produtos de limpeza seria visível. O vidro é de material 100% reciclável e autolimpante para a parte externa da casa. As telhas de material reciclável são mais baratas não esquenta e nem esfria o ambiente. Existe também uma luminária chamada de LED é um chip que dura cerca de 15 anos sem manutenção.

A tubulação feita em PPR substitui o PVC, o PPR não é tóxico e na instalação não precisa da utilização de colas ou lixas. Para casas que utilizam energia solar para aquecer a água esse tipo de tubulação permite que a água fique quente por mais tempo, pois é isolante térmico. Instalações hidráulicas que reaproveitam a água da chuva para vasos sanitários ou para lavar partes externas da casa também já são usadas; a cisterna também é outra solução para o aproveitamento da água.

Torneiras com sensor, vasos sanitários com acionamento duplo, sensores de presença também contribuem para a economia.  Manter a casa ecológica é mais barato e de contra partida ajuda a preservar o meio ambiente de maneira correta e consciente.